Após ler essa carta, feche os olhos..

Essa carta é para uma pessoa que eu amo muito, e por quem eu trocaria de cérebro para não vê-la mais sofrer..

Fecha os olhos.
Sente seus dedos do pé, cada um deles.
Sente a sola.
Sente seu calcanhar.
Sente sua perna.
Joelhos.
Coxas.
Virilha.
Barriga.
Peito.
Braços.
Mãos.
Dedos.
Pescoço.
Cabeça.
Nuca.
Orelhas.
Nariz.
Boca.
Olhos.
Couro cabeludo.
Cabelos.
Se sente.
Sente seu coração bater.
Sente seu sangue circulando por cada veia.
Sente o ar entrar pelo seu nariz.
Sente o ar inflar seus pulmões.
Relaxa.
Percebeu seu corpo? Se percebeu?
Pois então, meu amor, não te falta nada!
Sim, há amores, há pessoas que nos dão a sensação de estar completo.
Mas, fecha os olhos outra vez e se sente.
Você não é parte de alguém, parte de ninguém.
Você é inteira, de cabo a rabo.
Agora, te enche a alma!
Suga de canudo.
Lambe cada gota.
Engole esse choro, com coragem!
Lava esse rosto, respira e entende uma coisa
NINGUÉM É IGUAL A VOCÊ.
Entende?
Entende que a felicidade não existe em alguém – apesar da dor existir.
Entende que para amar a vida, é necessário amar a si, e só assim dá para amar o outro.
Entende que vão existir dias de medo, dias de dor, dias de angústia, dias de tristeza, dias de decepção.
Mas, meu amor, são dias!
Cedo ou tarde, amanhã ou depois, não importa quando
Para os aprendem a amam a si e a vida, a tristeza surge!
Ela não é nula na vida dos que sabem a amar, não se iluda.
A tristeza vai aparecer para dizer “Tá vendo só? Todos os dias você é mais que feliz”.
Valoriza todas as tuas experiências, boas e ruins – principalmente as ruins
Elas tem muito o que te ensinar, talvez você não entenda hoje, mas você entenderá.
Não se culpa! Se entende, se descobre e então, faz de novo e faz bem feito!
Deixo de último conselho para você uma lição que demorei à aprender: vive um dia de cada vez.
Querer se adiantar à dor, querer se adiantar para não ser “idiota”, querer sondar, viver a vida do outro não te proporciona nada além de ansiedade e frustação.
E não vai ser sua ansiedade que vai impedir o outro de errar.
Permita existe o botão “errar”, e a vida vai te provar que sua ansiedade foi em vão.
Confia!
Confia em você, confia na vida, confia na porra do ser humano que tá do seu lado
E se ele te ferir, confia de que nunca mais vão te enganar da mesma forma e que nunca mais você vai sofrer pela mesma coisa de novo.
Tá vendo? Você nunca perde de fato.
Essa dor vai passar, meu amor! Sofre e aprende.
Agora, mais uma vez, fecha os olhos, respira, se toca, se sente e PERCEBA, foi só mais um dia.
Amanhã, você não sabe, eu não sei, ninguém sabe.
Vacila não, vive agora!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s