Firstime

1608430_669154239873761_980352026_nA princípio eu queria fazer deste blog mais anônimo, com menos pontos característicos meus, onde quem visitasse pudesse se ver no que está lendo, mais do que imaginar um personagem na situação e por fim, estou aqui com a cara, com o nome e tudo!
Todo mundo tem um propósito na vida, e um dos meus é ajudar as pessoas, por isso pensei em uma forma de chegar com carinho em quem está distante mas precisa de algo que o motive, que viva um momento similar ao que eu vivi e que eu tenha achado a resposta – ou talvez que vocês tenham achado e eu não. Somos todos alunos da vida que deixaram para estudar para a prova um dia antes e não sabe como resolver as questões, faz parte.
Outro motivo de estar aqui é porque entre um capítulo e outro faço anotações sobre os livros que leio, relaciono com situações da minha vida e onde aquilo se encaixaria para mim – o mundo e meu quarto clamam por socorro de tanto papel espalhado! Resolvi então me ajudar, ajuda o próximo e aumentar o espaço do meu quarto trazendo minhas anotações pra cá.
Sendo assim, estou tornando esse espaço aberto, porém muito intimo, afinal tudo o que eu trouxer para cá também será como um lembrete para mim do que eu devo fazer, evitar, mudar; mas deixo apenas um detalhe sobre mim: eu não sei muita coisa sobre mim. Contraditório, não? Mas é verdade. Perguntas como “diga quais são suas qualidades” ou “como você se descreveria” me deixam nervosa e com aquela cara de “hãhã, pula pra próxima pergunta”.
Por essas e outras que não fixo esse blog como sendo sobre algo específico – pensamento do dia, dicas de blablabla, não é meu forte. Aqui é só um cantinho onde talvez você entre e se encontre num mesmo estado de espírito que eu, e a gente compartilhe aprendizados, reflexões e risadas – tragam suas histórias engraçadas também, aprender a rir de si mesmo também é um caminho para se libertar. O importante aqui é se permitir e no final do dia ter mudado um pouco mais. Openyourmind. Freeyourself.

Vem comigo! 🙂

Anúncios

2 comentários sobre “Firstime

  1. Silvana disse:

    Compartilho com vc , eu tbm muitas vezes não sei como sou. E olha que já tenho quase 50 anos . Durante algum tempo isso não me incomodou muito, mas de um tempo pra cá , tem me irritado . Mas e bom qdo a gente se da conta das coisas que temos que mudar,se posicionar ,amadurecer. Faz parte da vida, que muitas vezes pela rotina,não deixa tempo pra gente refletir sobre nós mesmos . Afinal mudar da trabalho,né ….

    Curtido por 1 pessoa

    1. pordentroeporflora disse:

      Sil, é engraçado perceber que com quase 50 anos tem gente que não sabe tanto sobre si.
      É ai a gente se dá conta de que talvez nem aos 20, nem aos 50 e nem aos 70 a gente consiga ter absoluta certeza de quem somos, justamente por estarmos em constantes mudanças!
      Estou segura quanto aos meus valores, e acredito que você também tia e isso que importa!
      Quanto a sabermos quem somos além disso, precisamos de um pouco mais de tempo dedicado a conversar com nós mesmas e encarar alguns demônios que existem dentro de nós.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s